quinta-feira, 3 de julho de 2014

Nunca subestime uma menina.



Nunca subestime uma menina.


Alguns homens, bons ou não, fracos ou não, brochas ou não, cornos ou não, espertos ou não, franceses ou não (rs) .. têm uma certa mania de subestimar uma mulher.  O que isso significa? Nada!

Não sou expert em homem, sei classificá-los, mas ainda estou longe de algo que os defina,  afinal são tantas faces (não mais que uma mulher), mas ambos ainda indefiníveis.

Quando eu digo “nada”, quero dizer muita coisa e quando uma mulher diz “nada”.... Quem for esperto já sabe, você mexeu numa colmeia!
Sei que sou uma menina, e isso não vou mudar,  sei que tenho um lado até afetuoso com quem merece e o desperta, mas sei ser uma menina não muito boa, e se isso faz bem ou mal pra mim, não sei!  Eu não vou mudar, faz parte da minha natureza esse gênio meio menina e meio diabo que me faz fazer coisas que ninguém imagina (talvez porque eu não saiba mentir, mas como uma menina não muito boa e criada por homens, sei enganar). Sim, como uma menina, tenho os colos onde sei que posso chorar, mas nenhum lugar é o suficiente e melhor, do que o colo de outro homem, e outro.. e outro... porque é da minha natureza essa insaciedade e essa busca do “não sei o que”, que me faz seca, que me faz pular certas dores,  guardar os sentimentos e os rapazinhos que os despertaram , lá no fundo, onde nem eu possa mexer,  e dizer pra vida, me dê mais! Eu quero mais!

OPS! Estou melhorando, anos atrás nem sentir eu conseguia!! Era tudo tão objetivo (objet=objeto.. hehe ) hoje em dia tem mais emoção! Emoção+diversão+comédia (às vezes tragédia) e de verdade, eu quero mais que se foda, eu quero mais que se fodam, (com carinho ta, não na forma pejorativa) enfim, EU QUERO MAIS!

As inúmeras vezes em que fui subestimada por alguns homens , incluindo ex-marido,  foram engraçadas, cada qual com seu “toma essa”, e não houve aquele que não retornasse pra dizer “sorry”! Talvez por ter me machucado (ohh L ..fuck rs ), porque você  pode reaparecer melhor do que imaginam, certamente alguns acham que irão sempre te ver na fossa. E Embora a minha essência seja meio atrapalhada, sei fazer conspirar a meu favor uma grande energia (tá, eu sei, me falta um pouco de fé às vezes. rs). Retornam também por perceber que a casca é meio grossa, mas que dentre um bando de mulheres perturbadas e neuróticas eu até que sou a mais normal e legal. Retornam apenas por um “nossa, sei lá porque, eu sinto saudade, mas não da”.  E aqueles que só querem voltar atrás pra comer mesmo! (afinal a fazendinha nunca tem fim, amém gadinhos rs). Talvez uma menina, mas quem conhece (de verdade) não esquece,  isso talvez poucos, mas raros pelo pouco, conhecem muito! 

Alguns foram só idiotas mesmo, daqueles que da até preguiça explicar e você pensa: “Vive ai filhão, a vida ensina” ...(ooo preguiça de homem que acha que  te engana,  da vontade de dar um manual!)  Bom, nesse caso existe a vingança muda, cega e antecipada! É, eu sei, isso não é legal, mas também não é legal as pessoas se acharem tão espertas e serem mais burras que um próprio burro!

Os homens não percebem que pra gente o que tem valor, talvez não tenha no momento que tem que ter, justamente por não sentirmos o mesmo, dentro é claro de um  “acordo”, não digo que alguns não tem, ou tiveram, ou que não fui por alguns, o fato é que existem as pessoas que sabem ser de alguém, outras que podem ser, e outras que sabe que podem, mas  o instinto reprova. Enfim, que ta dentro do “acordo” ta dentro, ninguém é dono, assim como  ninguém controla  tão bem as cabeças de seus paus, enfim, não controlem, ou subestimem o tesão de uma mulher,  misturados  a um monte de coisa! (Deixando claro que não estou falando aqui apenas de Laura, vou ser sacrificada por falar por um monte de mudas).

 É óbvio, que não estamos falando de regras e muito menos de jogos, mas sim do “deixa rolar”,  cada um interpreta como quer e todo mundo interpreta como uma putaria do caralho,  você come ali, eu dou aqui e ta tudo certo!  E não é pra intimidar, pra auto afirmar, pra amedrontar, nem pra rir, é só pra pensar que não são só vocês que pensam assim.. apesar da vingança ser antecipada,  é instintivo, na hora a gente nem pensa nisso e nem em vocês,  só no que da vontade naquele momento, portanto, não me deixe ter vontade de outra pessoa, seja um abraço, um beijo ou uma rola! Não me prenda, mas não me deixe solta demais.

Na verdade, duas coisas seguram a xoxota de uma mulher : a segurança  passada por eles e a falta de libido para o resto de “fora”, tipo, quando a mulher está mais tranquila,  é até meio trouxa, aceita, faz vista grossa, etc... E é claro que precisa existir o mínimo de algum sentimento,  porque, se não existir , amigo, desculpa...toda mulher é trepadeira, nem que seja com o vibrador em casa, sexo é sexo! (Às vezes rolam umas fases funerais, mas blz) bom, resumindo,  mulher faz igual, faz pior, faz com malícia, sem malícia, mas elas sabem,  ou descobrem o que sentem,  às vezes ignoram e às vezes, descobrem tarde demais! (música triste) rs.

E quando descobrem que o mundo e tudo aquilo a subestima como se não pudesse ser, fazer, estar  e ainda com tudo,  toda a vida e teoria sobre si  vem jogada abaixo,  como controlar o que ela vai fazer agora? E não é pra ninguém, é pra si mesma!  Ta bom, não faço barraco, farei sexo com outro, ok?! Ah, isso não significa que não exista sentimentos nesses relacionamentos que a gente não sabe mensurar, existe, mas também me sinto com uma “cabeça de baixo” se  eu notar que fui subestimada,  ai volta a vez no ciclo do “foda-se”  e eu mais uma vez “Quero mais” vida, me dê MAIS disso...

Quem seria a mulher Don Juan...rs e bem ao contrário dele... essa tem azar no amor (o que é engraçadinho) e sorte no azar, e assim, sobram os momentos e fatos engraçados e ai nesses não há essa carranca, foram vividos, ainda que cada um saiba do seu “pecado “ por trás do sorriso e carinho,  saiba sobre  as não regras e como ninguém é de ninguém e isso te faz ser do mundo, existe sempre alguma coisa boa e que te faz feliz, um sentimento que talvez perdure como uma consideração, mas não vai nunca chegar onde poderia,  toda a dor se interrompe do começo, do contrário, vira depressão!

Subestimada por ser apenas uma menina, eu não sinto muito por ser isso, eu adoro ser quem sou, eu sinto muito por não terem enxergado a mulher por trás disso e o vice e versa!
Subestimada, eu não tenho vergonha de dizer que eu sou boa e uma menina, às vezes, não tão boa, eu não sou perfeita, não tenho vergonha que minha vida seja  assim, com emoções, pessoas, como digo sobre meus vários lados, cada um tem o meu lado que merece, mas o coração por inteiro, nenhum,  nem que o queiram e nem sem querer... porque, ou eu estrago, ou estragam vocês! Então, ele permanece sob meu poder e isso não inclui sofrer, feridas ficam, pessoas passam e pessoas vem, pra diversão ou não, eu quero mais!

Afinal para todo o resto terei que ser mulher, mas pra tantas outras serei subestimada e serei sempre uma menina que quer crescer e escondeu um raio de sol sob seus cabelos!  Obrigada por me lembrar.
 Eu estou de volta.!!


Provoke-me....Try! 

segunda-feira, 25 de abril de 2011

O resumo da ópera !!

Enfim, esse texto traduz o nome desse blog, já era hora de explicar o porque de sua existência! rs


As vezes fica difícil distinguir a cabeça do coração, pois quem está sozinho está sempre vulnerável a esbarrar com pessoas que nos despertam certa inquietação ou curiosidade.

Eu, com a experiência de um casamento de 6 anos, decidi após o divórcio, que adoraria ter aquela vida de solteira de volta, aquela vida que eu levava aos 18 anos, decidi que faria de tudo para que não precisasse depender de ninguém pra ser feliz, foi penoso, pois os vínculos que se criam num compromisso, são difíceis de se quebrar.

Pois foi bem por essa experiência um tanto quanto dolorosa, que envolve fatores pessoais e familiares, tomei a decisão de que não toleraria mais certos tipos de comportamento dos homens em relação à mim. Concordo que fiquei bem intolerante, mais um motivo pelo qual me considero muito mais feliz vivendo livre, curtindo e fazendo só o que eu quero.

Nesses últimos dois anos solteira, posso afirmar que tive apenas 2 pessoas que me fizeram sentir algo diferente de novo, mas justamente foram essas duas pessoas que me levaram a concluir o quanto estou certa em fazer o que faço, em ser como sou, ou melhor ser quem eu recuperei após o casamento. Percebi que as pessoas, no caso essas duas, esperaram e cobraram mudanças bruscas, essas quais, eu não estava disposta a fazer para proporcionar a eles a tranquilidade de um namorado machista!

Se eu gostei deles?

Não sei, hoje chego a pensar que foi tudo uma aventura, essas que eu gosto de viver, pois confesso que em momento algum deixei de ficar com alguém, ou de aproveitar meus amigos, diversão, bares etc. Só posso dizer que eram pessoas que me proporcionaram felicidade em algum momento, mas uma felicidade diferente dessas que eu costumo falar. Só que existe uma realidade que assusta por trás disso: meu tempo é um mês e meio!

É, sei que vou ser julgada por dizer isso, mas não me envergonho, sendo com aqueles mais sérios (eles acharam que era sério), sendo os sem compromisso algum, não dá, um mês e meio é o que me suportam e é o que eu suporto alguém! E por quê?

Da minha parte é porque eu não tenho paciência com certas cobranças, não gosto de ser mãe de ninguém e tem que me cativar, me conquistar, o que eles hoje em dia estão bem fraquinhos em fazer, parece que apenas me assistem e sentem insegurança à minha presença em suas vidas. Eu sou livre demais, adoro minhas butecagens, meus melhores amigos são homens, muitas vezes sou a única mulher no meio deles, bem respeitada e geralmente me recuso a não estar com os mesmos , não abro mão da minha vida social, e pra apenas amenizar isso, teria que valer muito a pena, nunca deixei de estar ao lado de ninguém por homem, erro esse já cometido no meu casamento que foi baseado em muitas cobranças e imposições.

Já por eles, um mês e meio é o suficiente para se assustarem e saírem correndo, é o suficiente para não tolerarem ficar um tanto a sombra de alguém que é uma muleca popular, que ama a vida e estar com as pessoas que ama, e que as vezes isso não os colocava em primeiro plano! Uma garota que não consegue ficar quieta, hiperativa, e que além de tudo carregava uma bagagem de problemas pessoais com o ex-marido, que nenhum deles esteve disposto a abraçar essa causa.

Minha vida, existiu até os 18, onde conheci meu ex-marido, fiquei por 6 anos, fui feliz e triste, amei muito mesmo e fui muito amada, aprendi coisas, me tornei uma pessoa mais madura e meu balanço final foi de gratidão, mas muita dor!

E assim vivi, carinho numa face e tapa na outra! Depois disso, aos 24 quando me separei e ainda vivi com ele por quase dois anos, exatamente isso, eu morava com meu ex, e não éramos mais marido e mulher e isso tudo sem recaídas, sem fhash backs ou trepadas por necessidade,(graças a Deus, nunca precisei), mas com vínculos que te sugam a energia!!

Então, o fato de ter um relacionamento sério é algo que me desagrada um pouco, pois é exatamente quando nos sentimos inquietas por alguém , é quando começamos a fechar os olhos para as verdadeiras qualidades e defeitos das pessoas, passando a tolerar atitudes medonhas, as quais não fazem parte dos nossos princípios.

Quando tomamos a decisão de sermos livres, de simplesmente poder sentir prazer em viver deliciosos momentos com deliciosas pessoas sem se preocupar qual vai ser o tipo de homem que estará lidando em algum tempo, ou o que será que ele vai repudiar, conseguimos provar para nós mesmas a felicidade independente, é como se curtisse apenas aquele momento e o amanhã não existe, é viver o hoje intensamente!

Inquieta, intensa, imprevisível...é o que costumo dizer sobre mim para quem pergunta, seguida da palavra que tanto persegui e hoje à tenho pulsando...LIBERDADE! Liberdade de vida, de pensamentos, de escolhas, de sentimentos!

Intensa, é assim que sou, um minuto é intenso pra mim! Amanhã, você pra mim é problema seu! Controlo tudo que se passa dentro de mim, pois não quero mais a surpresa de sentir nenhuma curiosidade burra !! Despertar o lado racional ajuda a fazer as melhores escolhas. Meu lado sentimental, é meu. Só aparecerá a hora que eu quiser!

Enquanto algumas pessoas me criticam, sinto que estou fazendo exatamente o que elas tem vontade de fazer, sinto que muitas gostariam de estar no meu lugar, aproveitando sem se apaixonar, sem esperar ligação na semana, sem me preocupar se ele gostou de mim, porque a minha regra é clara: Sou desprovida de sentimentos mais fortes, o que não significa que eu não goste de ficar com a pessoa, ou queira vê-la de novo, por x motivos, muito provavelmente por ela ser legal, boa cia e sexo, precisa agregar algo. E se eu gosto disso vou atrás sem vergonha, mas sei o limite, vou até certo ponto, se não há reciproca, esqueço e continuo o andamento como numa recepção do médico, onde um paciente falta, tem sempre o outro no encaixe ou um novo para passar na consulta!

E é assim mesmo, imagine se fossemos ficar e dar continuidade de encontros com todos que nós beijássemos por aí, ou saíssemos , não haveriam dias na semana suficientes, não é mesmo!!

Conquistar sua independência sentimental, não significa que nunca mais amará alguém, seria hipocrisia da minha parte, mas significa que apenas podemos escolher o que sentir e por quem sentir. Obviamente não se trata de esperar por um príncipe encantado, eles não existem, não sonho com isso e nem você deveria, mas trata-se de se permitir escolher uma boa pessoa , que tenhamos afinidades claras, que respeite nosso espaço, que faça o papel de homem da relação, que me respeite como mulher, como pessoa, como alguém que erra e acerta e que perdoe minha loucura! Tratando-se de mim , eu escolho muitas pessoas, sem escolher nenhuma, eles estão cada um no lugar onde deveriam estar...ao lado do telefone quando eu ligar!

Eu me entendo comigo, até que eu realmente queira amar alguém e esteja preparada para tentar, bem claro TENTAR, porque não confio muito em mim, rs . Eu sou feliz com essa vida, não sofro de carência sentimental nem muito menos sexual ( pra isso também existem minhas mãos e meus acessórios, rs), não me cobro por sempre estar solteira, e as pessoas por aí engatando relacionamentos, até porque solteira sim, sozinha NUNCA! E ver algumas amigas e amigos entrando em roubadas, simplesmente porque não se suportam sozinhos, mais uma vez me faz sentir correta com minha racionalidade. Não sou fria, sou racional! (me considero até bem quente, rs) . Pra estar com alguém por estar, pra que namoro, posso ficar por ficar com quem quiser, pra que ficar com um, se posso ficar com vários! E não me sinto solitária!

Entendo o sonho das pessoas em viver um grande amor, eu vivi, mas depois virou pesadelo, então eu planejo pra mim, não planejar e sim viver, viver e viver intensamente e ter a consciência que sou responsável por minha felicidade, que se eu não estou com alguém é por opção minha em não acreditar em contos de fadas e sim em relacionamentos que devam começar com maturidade de sentimentos , certeza da escolha e ai sim...será intenso como deve! Me enjoa a ideia de um relacionamento melancólico, ou io-io, ou viver uma guerra dos sexos! Cruzes! Guerra dos sexos ..só na cama, uma grande guerra de ataque e ataque! Rs

Se conseguirmos ter dentro e nós a segurança necessária de impor o que realmente queremos sem medo de ficarmos sozinhas e aprendermos a nos aceitar primeiramente como um ser individual, talvez seja mais simples o processo natural e, com certeza estaremos muito mais preparadas para poder assumir um compromisso: É a escolha que fizemos e que nós mesmas somos responsáveis por ela!

Como isso nem de longe neste momento se passa pela minha cabeça, deixo pra pensar mas afundo qdo tiver que acontecer, por enquanto a vida têm me proporcionado muitas e muitas alegrias, do meu jeito de viver: Laura e Laura e todos que eu queira que façam parte disso!

Vocês até podem achar que isso tudo é simplesmente a mente de uma garota traumatizada, mas acreditem, não é! Tenho trauma de algumas coisas que passei dentro de um casamento, mas como prometi que isso nunca mais aconteceria, não acho que possa ser medo e sim preguiça!

Tenho uma certa preguiça de ter que entender o jeito, a cabeça, a personalidade, e tudo mais, e ter que me adaptar ao outro é algo que eu realmente não vou fazer! E olha que sou bem liberal, tranquila em relação a forma que cada um gosta de viver, não sou de pegar no pé, e isso volta justamente ao que vinha dizendo, apenas se trata da forma como nos sentimos mais felizes no momento.

Sou julgada, mas não me importo em ser assim tão exposta, porque o que eu tenho guardado em mim, e todas as qualidades que possuo não preciso mostrar, não à toa ...rs

O mais engraçado de tudo isso, é que muitas pessoas, essas mesmas que gostam de me julgar, não fazem a menor ideia de como seria a Laura em um relacionamento, (tudo bem que nem eu imagino mais rs) mas, possuo também alguns adjetivos, sou bem companheira, sou carinhosa, gosto de admirar, e costumo exaltar muito bem as qualidades de quem está ao meu lado, eles gostam disso e sentem o máximo, mas obviamente, eu tenho que estar me sentindo muito mais que isso, tenho que ter muito mais que isso. Hoje comigo é na troca, nada de ficar a sombra de alguém e submissa nunca fui, to fora!

Acho que realmente precisava escrever tudo isso, não gosto de melancolia mas sei que muita gente pode ler isso e se identificar, muitas pessoas que conheço gostariam de conseguir assumir tudo isso, e ligar um grande foda-se para o que a sociedade impõe, muitas pessoas gostam de conversar comigo, porque não abominam a vida que levo, e a forma como não estou nem aí para o que falam ou pensam de mim.

Odeio moralismo, a forma como vivo não afeta a ninguém, pensem o que quiserem pensar, só eu sei da minha estória, fui casada e fiel por 6 anos, acreditem! Então eu acho que tenho todo direito agora, de escolher como quero viver e o que me faz feliz, tenho todo direito de aproveitar minha vida intensamente, até porque alguma hora não estarei tão mais imune ao que se chama “amor”. E quero deixar bem claro, que tudo isso que escrevo não são putarias, são fatos, pensamentos, opiniões e estilo de vida.

Há quem pense que minha fuga é sexo, outros a bebida, alguns acham que sou louca demais, mas sou só uma pessoa desprovida de pudor , repúdios e sentimentos . Saibam que nem sempre estou por aí nos braços de alguém e sim, deliciando da cia. dos meus melhores e ótimos amigos! Até concordo que eu tenho um pensamento masculino, vivo como eles, muitos me veem como uma mulher canalha, mas...não ligo nenhum um pouco.

Aos meus homens: Não me importo se alguns de vocês acham que não me valorizo! Sempre mantive bom relacionamento com vocês, seja antes durante ou depois dos nossos lances, portanto, sei que a maioria de vocês que passaram, que estão passando, ou está por passar ,rs, me conhecem bem , sabem muito sobre mim, conhecem a pessoa Laura, então, tudo foi sempre bem respeitoso. Tenho carinho especial por alguns!

Ao resto dos homens: Não me importo se vocês acham que eu não presto rs. Infelizmente terei que colocar aqui uma frase escrota que respondi a um puritano fdp, que me chamou de “puta”, bem pra magoar, enfim, ele ouviu: “Não, eu não sou puta! Putas cobram pra dar, eu não, eu dou de graça! A diferença é que dou só pra quem eu quero e escolho bem!” Então, isso também serve pra alguns machistas que acham que as mulheres não podem saborear os mesmos prazeres de um homem, saibam que muitos de vocês jamais me dariam um beijo, jamais desfrutariam da minha engraçada cia. E nem muito menos encostariam em mim, por escolha minha, então pra mim tanto faz o que pensam!

A todas as pessoas que julgam, as que me entendem, as que adorariam viver, as que admiram minha audácia, as que riem comigo de tantas coisas engraçadas que minha deliciosa vida proporciona, e as que são autênticas, como eu: Vivam! Façam o que bem entenderem das suas vidas, não julguem, e não se privem, vamos lá vai, todos temos uma estória e uma estrada, o caminho é um só e se você errar, pode corrigir, só não perca anos de suas vidas se escondendo e se arrependendo do que vocês não fizeram!

Esse texto é o resumo do meu estilo de vida hoje aos 26 anos, com boa parte de uma estória e muito realismo, racionalidade e muita vontade de viver cada vez mais!



Beijinhos!



P.S: Amigas, que mal pode haver em desfrutar a vida??? Algumas de vocês estão com medo de colocar a cara pra fora, mas não tem medo de leiloar seus corações né.. está errado!

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Casos e acasos - Parte 2 !!!

Ai, ai, ai...essa Milene não para!!


Agora ela resolveu que a vida dela é essa mesmo, solteira, bem resolvida e cheia de aventurinhas.

Sentamos num barzinho, com aquela cervejinha gelada e aí começou a risada, realmente a vida dela não para, e os acasos estão cada vez mais engraçados!!

Ela já lança suas fotos ali no notebook, mostrando os prêmios que “ganhou” e claro as “caridades” que fez!!

Bonitos ou feios tanto faz, o que eles rendem de risada, é impressionante.

Entramos no assunto das loucuras, às vezes desacreditamos do que somos capazes de fazer pra conseguir uma boa transa, ou pegação, ou até mesmo pra jogar uma sementinha!! É importante cultivar alguns P.Fs (potencial fuckers).

A Mi começou com o show, lembrou de um lindinho famosinho, que ela até hoje não acredita no que fez!!

Um amigo que trabalhava na MTV, colocou ela em contato com um apresentador gatinho de lá, e depois de algumas conversas via MSN, resolveram se encontrar, ele é do Rio, estava mudando pra cá, portanto, ele sem carro, ela foi buscá-lo. A imaginação dela é tão tosca que ela levou o moço no Samaro, ( um botecão de esquina, ponto de encontro de jovens, bem simplão) tomaram umas brejas, papo vai e vem, beijos e, quando ela viu já estava lá no flat do moço! Falou bem dele, fez boa propaganda, disse que ali ela viu vantagem, aliás, elogiou tanto o “avantajado”rsrs.

Claro, ela quis repetir a dose semanas depois e numa noite que ela estava meio down, pra ficar pior, rolou um apagão geral em São Paulo, ela na casa de um amigo, resolveu que precisava de energia, sim, renovar a sua energia! Então ela ligou pro apresentador avantajado, falando que ia passar lá, ele falou o apartamento e tal...ela foi! Chegando lá, se apresentou na recepção, falou o apartamento, o cara riu e a lesada nem se tocou, quando ela se deu conta, o cara da recepção começava a gargalhar e avisou: “ Moça São Paulo está sem energia, o elevador não funciona” !! Então caiu a ficha, como ela não havia pensado que subiria de escadas 12 andares?!?! Putz, ela disse que deu uma enorme tristeza, mas o avantajado estava lá esperando, e o que ela não faria pra ter um repeteco cheio de vantagens!! Então decidiu encarar, no 5º andar ela já estava sem ar, no 6º parou pra descansar, no 10º já estava suada, no 12º chegou quase morta, ela escorou na porta, respirou fundo e tocou!!! Quando ele abriu, disse: “ Você é louca??” hahahaha. Ela bem rápida respondeu: “Deve ser triste passar por um apagão sozinho aqui!”, riu e já logo agarrou o avantajado, uma beleza, São Paulo as escuras, janelão aberto e muito suor mesmo!! Depois do vexame, ela resolveu não ligar mais pra este, também pudera né! De vez em quando ele faz umas propostas indecentes via chat do facebook, alguma hora ela pega ele de novo!

Eu não acredito que a retardada subiu 12 andares, mas realmente alguns “acasos” requerem muito sacrifício!!

Cerveja pra dentro, e ela não para, rindo de si própria e sem a menor vergonha ela alega que se divertir, com prazer, com uns deliciosos por aí não é imoral, não é errado , é super correto e decente! Lances!!

Ela tem é muita sorte, isso sim, e como sempre se dá bem, aí vem mais...... OOO inveja, rs!

A empresa que ela trabalhava estava passando por um momento ruim, seu chefe conversou com ela numa sexta, e naquele dia ela estava com aquela cara de ressaca, claro ele sabia que ela tinha saído, muitas vezes saiam ela e os sócios, eram amigos, e ele sabia da vida pessoal dela, sem misturar, mas a imagem “doidinha” dela, tinha que mudar, então ela decidiu que precisava de um namorado de mentira, pra passar uma imagem melhor, mais séria. Enfim, foi no seu menu facebook e procurou algum mocinho que tivesse boa imagem em tudo!

Claro, achou lá na sua lista um lindinho, um Gaúcho, estava adicionado, mas ela não o conhecia (tinham amigos em comum), então ela deu uma cutucada pelo face, (aquele dedinho que aparece no perfil da pessoa, que qdo vc aciona, aparece pra outra pessoa que Milene a cutucou, é como dizer estou aqui, psiu) . Ela iria propor ao rapaz um namorinho de mentira, acreditem!!

Ela esperou a resposta da cutucada no final de semana e nada, quando chega na segunda-feira, como ela já imaginava, foi demitida. Ok, já era meio que acordado isso, ela ficou na boa, então, nesse caso, não precisava mais de um namorado de mentira, mas pra sua surpresa na terça, o mocinho manda uma mensagem fechada, e aí...blá..blá..blá. Começaram a se falar por msn. Ela disse que ele era um fofo, estavam super íntimos em 3 dias e decidiram se ver na sexta, lá vai ela pra produção!

Sairam, conversaram, encheram a cara, beijaram e combinaram até o paintball no sábado. Ela rindo por dentro, disse ter pensado o quanto se superava a cada uma que ela aprontava, e pensou também em como ela se dava bem, o Gaúcho era uma graça !! Lá foi ela conhecer a casa nova do gato, e pensou, “ok, se alguém perguntar, digo que fui dar dicas de decoração”, é, e a noite rendeu!

Quando acordaram, ele fala: “Hoje tem paintball !!”. Ela achou estranho, até porque , conhecendo a Mi, sei que ela não tinha acreditado, certamente ele deveria estar falando só pra comer, coisa que ela sempre finge acreditar, porque a intenção é a mesma.

Aliás vale a ressalta de que isso é muito comum entre os homens, fazer planos pra idiota em questão criar expectativas de algo sério e, normalmente é onde eles entram com o pinto e a idiota com o coração. Ele sai satisfeito, e a idiota sai com a conta do celular estourada de tanto mandar msg e não ter nunca mais resposta!

Voltando, lá foi ela com o Gaúcho e seus amigos pro paintball, programa de casal né, mas ela curtiu, ele era bem legal, tirando a hora que ele sapecou um tiro na perna dela que até sangrou, fora o hematoma! ( Foram duas semanas sem usar vestido!!)

Sabadão, noite, foram encontrar os amigos dela, algo que a deixava com frio na espinha, porque ela já imaginava todas as sacaneadas que os 3 pentelhos fariam com o Gaúcho, claro...não deu outra! As piadas eram: “Quem come quem”, ou, “ah, vc é do RS? Eu imaginei, fiquei com medo de ofender se perguntasse”!! E por aí vai! Final de noite na casa de um amigo dela, já com algumas na cabeça, a Mi arrastou o moço pro quarto e no maior amasso, de repente ela escuta baterem na porta com um coro: “ Vai brochar, vai brochar”!! Sim, eram os amigos terríveis!! Enfim, o que começaram, não deu pra ser terminado ali, então, como adoravam uma aventura, carro as 6 da manhã! Que peversão! Rs

É, o gaúcho rendeu, ela chegou a fazer mais uma visitinha pra ele, afinal se o sexo bate, perfeito! Mas, ela não contou suas intenções iniciais, um namoro de mentira..hahaha figura! São amiguinhos até hoje e com muito carinho!

Se toda mulher conseguisse ser cabeça aberta e se permitir viver esses deliciosos momentos que por “acaso” acontecem, certamente seriam bem mais resolvidas e não se contentariam com tão pouco, como fazem por aí. Porque mesmo P.A e P.F, tem que ter qualidade, e pra se conseguir isso não é sair e transar com qualquer um, e sim, selecionar desde o primeiro contato, seja um olhar, um beijo, uma conversa, o que importa é saber que se está rolando algo, tem que ser com alguém legal, na mesma vibe, tem que rolar alguma química né! Sem contar, pele!

A Milene, tem olhos de Lince, é sensitiva, e consegue entender os sinais de um bom acaso num olhar. Apesar de que ela já errou feio!! Fora o Pepeu, (aquele moço que tinha o pinto PP=Pepeu) que eu contei no primeiro texto, ela teve um, que além de ser meio pancadinha, transava mal que dói!

O Lerdo ela conheceu na farra por aí, acabaram ficando e ficando e ficando até que um dia, Motel! Que catástrofe! A lerdeza era tanta, que comparado com um carro se ele fosse uma Ferrari nem se acionasse o turbo atingiria a velocidade média dos movimentos! Logo, pode se comparar a um Fusca! Naquela altura ela não sabia como ia levar isso adiante, ou seja, não levaria! Ela até curtia ficar, bater papo e tal, mas quando ia chegando a hora de ir embora ela dava um jeito de arrumar uma desculpa, se fingir de morta, sei lá . Ela me contou que foi bem frustrante, porque ela colocou muita expectativa ali antes de rolar, porque todas as vezes que ficaram antes do fato, rolava um puta tesão, e ela se preparou bem pra hora H! Mas..acontece!

Claro, algumas vezes que se encontraram e acabaram ficando ela não conseguia fugir, mas era chato e monótono, o que ela fazia? Fingia o orgasmo, tipo aqueles orgasmos finais...ai não tinha como continuar, era pra parar ali, e se ele não chegasse lá....problema todo dele!!! Ela cortou a palhaçada, não tinha jeito mesmo, até que ela tentou! Hoje, prevalece a amizade, as risadas, mas esse, certeza que ela não pega nunca mais!!!

Ela já errou o alvo outras vezes, um bom erro eu diria, porque super compensou no final. Sabe um desses dias que você está cheia de energia, felizona, toda astral?? Então, ela estava assim! Foi pra balada e encheu a cara, dançou, pulou, extravasou! No meio da noite chega um amigo, na verdade, era o melhor amigo do chefe dela, que de tabela se tornou seu amigo, e ela o adorava, era super engraçado, um figura. Então, eles ali, ela no porre, ele curtindo...ela agarrou o amigo! Deram aquele pega e na hora de ir embora, foi aquele vuco vuco, se pegaram no carro e decidiram dar continuidade na casa dele. Ai foi aquela beleza, ela se empolgando, empolgando e de repente se empolgou de mais que parecia uma cantora de ópera de tão alto que iam os agudos, até que ela levou um tapa-boca..hahahaha, tentou se conter e foi amenizando. No dia seguinte, quando foi ao banheiro notou um outro quarto aberto, com cama e tudo, então perguntou sobre o tal quarto, e pra sua cara despencar de vez, veio a resposta: “ É o quarto da minha mãe”. Como se não bastasse ela ainda pergunta se a mãe estava lá, e claro que a resposta foi sim, “ela estava mas já saiu pra trabalhar”. Milene nessa altura queria abrir um buraco no chão e enfiar a cara dentro, imaginando que a mãe do amigo não deve ter conseguido dormir a noite toda com a ópera e aí o tapa-boca fez sentido! Que mico!

O balanço final foi bom, foi bem proveitoso, mas confessou ter sido estranho, porque ele era alguém que ela nunca pensou em ficar, quem dirá o resto! Valeu a pena, mas foi uma noite e nada mais, depois disso sempre que se encontram tiram sarro deles mesmos. Bom, só rindo mesmo!

Ah, já que rolou então que seja legal e como disse antes, com pessoas legais. Melhor amigo, do que inimigo! Ela nunca fica com seus amigos, preza muito pela amizade e não costuma misturar, mas esse ai ok, nem era tão amigo assim!

Ela, comparando suas experiências, achou engraçado como algumas pessoas simplesmente não te despertam nada. A Mi contou de um gatooooo que conheceu, que ela chama de “Pedação”, marcaram de sair, tomar e umas. No bar, acabaram ficando, passaram a noite aos beijos, ele investiu claro, mas simplesmente ela não conseguiu sentir a metade do tesão que ele sentia, na verdade, ela disse não ter sentido nada, não bateu vontade, a química de papo e beijo era boa, mas só isso! Ele bravamente tentou, mas ela não ia dizer na cara dele: “ Vc não me dá tesão”!! Entã,o ela inventou que estava naqueles dias e aí colega, aí não rola!! Ela tem contato com o Pedação, sempre se falam, até tentaram se ver depois mas não rolou, ela não fez muita questão de vê-lo. E assim passou mais um.

Pra nós entendermos como são as coisas, o Pedação era super bonito, o número da Mi, mas simplesmente lhe faltava o sal! É assim gente, a beleza não é tudo, precisa ter muito mais que isso pra despertar a vontade de uma mulher. Muitos homens deveriam saber isso!

Bom, já em contrapartida, tem uns que meu DEUS, despertam até demais!!

Lá vai a Mi, passar o réveillon na praia, 10 dias..uhuu, imagina se ela não aproveitou!

Baladinhas, beijinhos aqui e ali todos os dias, de repente ela avista um cidadão de 1,90, cujo jeito, despertou algo, ela olhou, ele olhou, ela olhou ele olhou de novo e...sumiu! Quando ela caiu pra dentro da balada quem é que estava no bar?? Ele mesmo!! E foi ali naquele balcão que ela dedicou sua noite, o moço se aproximou, rolou um papo e rodo nele! Ela já estava meio bebinha, os amigos estavam espalhados pegando umas pessoas. Foram 5 contados longos beijos e o suficiente pra arrepiar tudo, era pura química e pele, sem contar o volumão que ela sentiu ali hahahaha! Mas ambos tiveram que ir embora, então não se sabia o que aconteceria depois dali. Claro, os amigos já lançaram aquele apelidinho básico, “Bicheiro”!! Ela discorda, só pq ele usava um colarzinho de prata e um medalhãozinho da escola de samba Camisa Verde e Branco?!?! Nada a ver, ela falou que ele era bem charmoso, olhos verdes, moreno, alto e um sorriso lindo! Eles se reencontraram por acaso num pub na vila, e rodo nele de novo! Com esse, ela fez loucurinhas bem gostosas..hehe!! Ela arrastou o Bicheiro pra casa, que estava fechada e ela sem a chave, ficou no portão esperando alguém voltar, mas o tesão era tanto que não deu pra segurar e foi ali, em cima do carro mesmo, e ela jura, foi mais que perfeito, e ele era mais que perfeito, e seu volume, era realmente mais que perfeito!

Saíram, voltaram, todo mundo em casa já e o combinado com a galera era que poderia levar pegueti pro recinto, mas ela mudaria de quarto, iria para o mezanino. Só que, claro, os amigos pestes não iam peder a chance de dar aquela boicotada, trancaram a casa!! Bando de fdp foi o que ela ela pensou na hora, mas era pra isso que existia um enorme jardim naquela casa, ela não pensou duas vezes, mandou ver e o dia clareava!

Na noite da virada ela não o viu, mas do dia 1º ao dia 4, ficou praticamente casada ali, e eles transaram por vários lugares daquela ilha, contando o mezanino infinitamente! O Bicheiro é um querido, ficou bem amigo dos amigos, se divertiram muito, mas a viagem uma hora ia acabar né, agora só em São Paulo, o que ela não perdeu tempo em agilizar! Ela dizia ser impressionante, eles não podiam se tocar, era a pele, o cheiro, era um fogo e muita conversa, carinho, respeito, ela confessa ter sentido uma quedinha! Se viram uma vez em São Paulo, mataram a saudade, e ficou aí uma deliciosa estória. Estão pra se ver, e assim, ela arrumou um super P.A!

É, tem que ter muito auto-controle pra não se apegar demais, porque pessoas legais aparecem, o que não significa que seja o momento certo pra algo mais afundo, ela deu um jeito de evitar que virasse caso, deixou no acaso e assim se poupou de uma possível frustração!!

Neste caso por exemplo, o Bicheiro havia terminado um namoro de 7 anos e faziam apenas 4 meses! Não era hora nem de um, nem de outro, o negócio é curtir com os sentimentos limitados, carinho, afeto, amizade, sexo, muito sexo e só!

Como vindo de Milene pode se esperar tudo, ela me conta que está de namorico virtual-telefônico com um mocinho de Ribeirão Preto, que foi apelidado por seu amigo(claro) de Avatar, (ele diz que é pq o cara não existe, é virtual)hahahaha. Bom, ele chavecou no facebook, começaram um papo e hoje ele sabe tudo da vida dela e vice-versa (menos dos homens). Falavam coisas bonitinhas, faziam sexo por telefone, estavam apaixonadinhos e bem empolgadinhos, ele dizia que tentaria conquistá-la e estava conseguindo, ela tinha muita admiração por ele. Enfim, combinaram de se encontrar no final de semana pós-carnaval, ele ia pra Florianópolis e ela pra Minas Gerais. E foi aí que tudo começou....ou terminou!

É, Carnaval tem o dom de destruir relacionamentos, até os virtuais rsrs!

Eles combinaram que podiam ficar e fazer o que quisessem desde que contassem um pro outro depois, e tudo morreria lá, nos devidos lugares. Colocariam uma pedra em cima e ponto. Já que não podiam se cobrar e Carnaval é Carnaval, lá foram eles, pras suas viagens e rendeu estória!

Primeiro dia, sabadão, carinha cheia de cachaça, decidiu tomar aquela droguinha que se chama doce, se produziu, botou seu abadá e foi pra guerra, o rodo comeu solto, mesmo com lama até canela, chovendo e aquele cheiro podre de barro!!! Bloco de Carnaval é uma pegação só né, ela fez jus ao status solteira, pegou geral!!E na pegação ali, de repente, ela avista um ser de 1,90, corpo tipo magro sarado, de peruca loira comprida, blusinha amarradinha, asinhas de borboleta, saia, meião, estava vestido de colegial!!! Ela disse apenas uma frase... “ eu quero esse aí”, e como com ela é cada inchadada uma minhoca, pegou o Peruca! Ela disse que se aproximou, puxou, dançou, e riu pra caramba, porque o Peruca era hilário, e ela tem um fraco por homens engraçados, ela gosta de homem que à faça rir e esse aí, era um comediante! Ela não soube explicar, mas foi a primeira vista, disse que ele era lindo, energia boa, ela sentiu uma queda e um frio na barriga à tomou depois do primeiro beijo! Ela com cara de apaixonada hahaha, isso certamente foi o efeito do doce ( a droguinha), que você toma e sai amando as pessoas, se declara pras amigas, liga pra sua mãe e diz te amo, enfim, ela estava a louca emotiva !! Antes que ela falasse eu te amo pra ele, ela resolveu dar mais uma rodadinha por lá, mas no final da balada voltou, e arrastou o peruca!!!

Carnaval é bom demais né, a pré-disposição das pessoas ao sexo é impressionante, lá está a Mi e o Peruca, no carro, cheios de lama, na frente da Igreja! Rezaram muito rs, e o melhor de tudo é que foi ótimo!! O Peruca mandou bem, os atributos eram ótimos, e o brinquedinho mais uma vez...era perfeito, sem miséria, ela se apaixonou por aquilo, rs!

Bateu uma certa química nisso, a pele e aquela vontade de quero de novo, só o cheiro de lama que não rs! Ela conta pagou micos consecutivos com ele, do tipo que um dos caras que ela ficou na balada era um amigo do Peruca, e ela ouviu da boca dele, que chato, mas como ela ia adivinhar né?!?! Ah gente é Carnaval!! Sem contar a cena inusitada dela vendo ele vestir, arrumar e abotoar a saia! É, ela nunca imaginou sair com alguém de saia! E claro, ela encheu o carro do moço de lama, imaginem a cara dele!

Bom, com o Avatar, ela fez o combinado quando se falaram, ele perguntou se ela tinha ficado com alguém , ela disse que sim e disse um só, o Peruca (mentirosinha)!! Ela não ia contar que pegou o equivalente a um time de futebol e 3 reservas na mesma noite, e ainda finalizou com gol de ouro! Enfim, ele disse ter ficado no 0x0 lá naquela noite. Tá bom, no Sul ??? Ela fingiu que acreditou, mas não muda nada também!

Segundo dia de Carnaval, mais chuva, mais lama, mais farra, mais pegação, mais um time de futebol, rs e uns beijinhos no Peruca no final!!

O Avatar tinha sumido, não atendia telefone, nada de msg, ela pressentiu que ele havia se enroscado com alguém lá. O que ela não pode controlar, paciência!

Terceiro dia, e a saga se repete, chuva, lama, mais um time de futebol e dessa vez a peruca do Peruca era da Margie Simpson, azul, gigante e a fantasia era essa, tinha até a bebê Maggie pendurada no pescoço rs, figura! E no final da balada, lá vai a Mi pra frente da igreja, no carro e cheia de lama!

Bom, trocaram contatos e combinaram de se ver em São Paulo, segundo a Mi, ele é bem gente boa, nessas de ficarem juntos no final da balada, bateram papo sobre a vida, um cara bem legal, inteligente, é engenheiro, bem maduro, difícil imaginar ele com essa veia cômica, claro que ela se ligou, o Peruca é um desses rapazes terríveisinhos rs, talvez como ela! Enfim, na terça o Peruca pega a estrada, e já está acabando o carnaval.

Nesse último dia, ela tomou um porresinho, pegou mais umas pessoinhas e finalizou sua farra! Era o primeiro carnaval dela solteira em 8 anos! Tinha mais é que aproveitar!

A vida volta ao normal e o Sr. Avatar dá sinal de vida!! Conversaram, e ela arrancou dele exatamente tudo que queria saber, o Avatar disse ter ficado com 3 meninas, zero sexo, e ela só aprofundou um pouco a conversa, perguntou se existiu alguma mais especial, ele foi infeliz na resposta ao dizer que uma era bem gente boa e tal mas nada de mais. Se não fosse nada demais não teriam trocado contatos porra!! Pra cima dela ainda, bom, ele foi obrigado a ouvir tudo que rolou com o Peruca e um pouco mais! Ok, chifre virtual trocado não dói Mi! Ela cobrou a conduta dele do que não estava no combinado, mas não disse que estava bem em contato com o Peruca! O Avatar já tinha todas no facebook, ela negava, dizia não ter adicionado ninguém que ficou, até porque ela não teria como, nem sabia os nomes...hahaha, mas o Peruca, estava lá sim!

A relação desgastou, rs....perderam aquele tesão que tinham, ela meio que brochou, e como ela nunca confia ou acredita em homem, continuaram a se falar, ela até gosta dele, sente um pouco de falta do jeito como eram antes, aquela vontade e tal, mas ela deu continuidade a forma como gosta de viver, livre, leve e solta!

Então, numa quinta-feira, lá estava Milene e Peruca, no motel!! Tem aquela química sexual, rola conversa, risada, mas ela sabe e não quer que passe disso. É um “acasinho” do Carnaval, que ela vai manter em São Paulo, com todo prazer, se depender dela! Rs

Ela percebeu a euforia do Avatar e sabia que ele estava de papo com as mocinhas da viagem, ela simplesmente se afastou. E soube também, que a piveta especial que ele traçou no Sul foi fazer uma visitinha em Ribeirão. Não é do seu perfil, mas mesmo que fosse, nesse caso, não tem nem o que cobrar, rs! Ela apenas foi bem sincera com ele ao dizer que não iria se locomover até lá pra ele decidir o que fazer, e que se ela se sentisse insegura em relação a ele, ia ser bem difícil dele ver seu rostinho, e foi o que aconteceu.

Estão tentando manter um papo, ele até tentou uma aproximação, ela mandou lá umas msgs pra ele, talvez ele acredite (tomara que não rs). Acho que não foi uma boa tática a dele em tentar ser esperto e achar que ela não se ligaria em nada, ele acha que ela não percebeu que ele joga com algumas e quis mantê-la ali, pra conseguir vê-la e decidir o que quer ou sente, a Mi pega ele em tudo, só pela voz, é sensitiva!! Ficou pior pra ele, porque quando ela percebe, sabe fazer duas vezes pior, o que significa que esperto é quem faz quieto, e só deixa o outro saber se quiser que ele saiba!! Nesse caso não tinham nada, mas poupe as palavras e ligações então! Foda desligar o telefone e sair com outro, foi o que ela fez!! Se ele ainda é um Avatar, ela se diverte com os reais! Não vai vingar, mas pelo menos, o que ela dizia pra ele quando o atiçava por telefone, isso ela vai querer cumprir..rs! Um dia quem sabe eles ainda se encontram em São Paulo e concretizam pelo menos a parte do sexo!

Pois é, eu consigo entender essa mentalidade da Mi, se ela não coloca em risco seus sentimentos nem com alguém de perto, quem dirá de longe! Ela pratica facilmente o desapego e sabe que vai ser difícil alguém conquistá-la a ponto de deixá-la cega, ela sabe exatamente até onde ir e a hora de parar, e quando acontecer naturalmente, ela diz que vai se sentir preparada pra isso, mas que no momento, ela está bem mais feliz com sua liberdade em suas mãos. Visto que ela está passando por um momento complicado, onde está só e precisa agarrar a vida, realmente ela está certa em preservar seus sentimentos, e isso não é frieza, é como sempre digo : CAUTELA! Feridinhas sentimentais podem colocar abaixo planos e metas da vida pessoal.

Eu penso que ser feliz é viver como se gosta, fazer o que se quer e quando quer, e é exatamente assim que ela gosta de viver!

Acasos são acasos que por acaso acontecem, passam e não te derrubam. Já os casos, são bem mais perigosos, traiçoeiros e se você não está preparada, te pegam de surpresa, depois é difícil corrigir o erro e sair deles!

Portanto, por acaso eu gosto da minha liberdade e por acaso eu gosto de poder escolher o que e quem é melhor pra mim, assim como a Milene, nem que seja por poucas horas, ou alguns encontros, algumas vezes, várias vezes, por uma noite ou por várias!

Viva o acaso, permita-se ser feliz sem depender do sentimento de ninguém. Não jogue sua felicidade nas mãos dos outros, ser feliz é estilo de vida. Aproveitar a vida faz parte disso!

Aventurem-se!



Beijinhos...

terça-feira, 29 de março de 2011

A verdade nua e crua..!!!

Sabemos que sempre nos depararemos com alguns mocinhos que são “uns fofos”, ai,já viu que alguns sentidos tentam nos desobedecer.


Pensando nisso, resolvi escrever um pouco sobre o porquê não podemos nos apegar aeles!


Ainda custo a acreditar que aquele “querido”seja bom demais pra ser verdade, na verdade, eu acho que tudo que émuito bom, dura muito pouco, então aproveitemos cada momento, a vida é feita disso!

Não consigo imaginar alguém que consiga ser 100% sincero, eu não sou, você não é...ninguém é!! Por mais transparente que sejamos, algo sempre está guardado, onde ninguém pode chegar e, se chegam, logo não te querem!! Viva os segredos pessoais!

Acho sim, todo mundo hipócrita!! Fingimos e mentimos, seja pra bem ou mal!! Eles nos julgam, mas nunca teriam a decência de admitir que quase nunca falam a verdade...então se quer uma noite de sexo..poupe as palavras!!

Eu penso que quanto maior a vontade, maior o medo, então, faça diferente, faça de suas vontades maravilhososdevaneios, onde em seus pensamentos, qualquer um possa saciar, se sua vontade se prender em um único ser da espécie “homem”, vc se fudeu !! Vai se apegar, vai se entregar, sem saber seexiste ao menos um chão no qual você possa pisar!!

Conflito interno, isso é coisa pra gente chic!! As pessoas de carne e osso resolvem seus conflitos com outros. Crie momentos, passagens, crie estórias, crie algo que não precise perder24 horas pensando, e sim, o tempo que você leva em sua casa se arrumando para fazê-la se tornar real, algo que você contará as suas amigas amanhã...e só amanhã!!

Não consigo dar ibope asorrisos!! São lindos e filhas da puta, controlem-se, sorrisos em demasia não caracterizam amor, caracterizamtesão e sexo, se você quer isso, ok, vai gostar, mas se quer romance, pense que você será apenas um órgão genital feminino doce e passando pelo processo de teste! Sendo assim, aprecie o sexo!

Yes, minta! Não perca a essência, seja uma mentirosa classuda! Porque, se falar a verdade na cara dele, ou, por entrelinhas , você fica na mão e insegura !! Burra!

Então, como sempre digo,” antes ele inseguro, que você!” E, se o lance é só o prazer, nem minta nem fale a verdade, faça só o que têm que ser feito...sexo da melhor qualidade!

Não acredite quando olhos verdes te olham e pegam de jeito, tente não olhar nos olhos, risco por risco, corra o risco de se apaixonar por um pinto do que por um olhar faminto que te tira a razão!! Logo será uma vítima pensando naquele olhar, naquele cheiro, naquele beijo e vai distorcer toda a realidade do fato! Ele só quer te comer..com olhos famintos ou não!

Racionalize sua energia!! Isso quer dizer, sua fome voraz por sexo! Canalize de forma que sua vontade tenha princípio, se você for premiada com um grande amor...meus pêsames, nesse caso, o amor só durará enquanto a vontade prevalecer ( o quê sabemos que passará assim que aparecer uma bunda melhor que a sua), agora se de repente fizer de seu amor a vontade, deva ter mais futuro...como não falamos em futuro, hoje, pense com a cabeça de baixo..sim, vc têm uma!

Ai, não sei, gente boa demais, são gente boaou pra comer ASAP, ou pra manter a foda, então tente não se iludir, os que te cozinham, cozinharão enquanto acharem necessário, até aparecer outra foda principal, ou nem isso, vc e mais uma dúzia serão, então, não desperdice os PFs ( Potencial Fuckers), ele têm as dele....vc tem os seus!!! Cozinhem-se!

Desculpa de trabalho pra te encontrar, mas é “um FOOFO”, não caia nessa!! Quem quer...cozinha bonito, nem isso ele sabe fazer, que futuro sua foda bacana terá ? Das duas uma: Ok... sem problemas lindo! Nos veremos em breve...(e next..liga pra alguém)

Ou, vc pode acreditar e passar a noite no sofá!! Sei lá, eu sairia, tomaria umas por aí e na noite, tudo pode acontecer, não deu pra ser ele, mas podem rolar vários PFs( potencialfuckers).

Então tudo volta aos princípios que tanto defendo:

Sem julgar, temos carne e osso e é feito da mesma coisa que eles, porque não podemossaciar desejos, pensamentos, planos, ideias, vontades?? Que as vezes como digo “ surgem do nada” !! NÃO ao preconceito !

Defendo sempre a liberdade de poder viver o que quero e com quero, claro e desde que mequeiram, porque também se não quiser, a velha frase..”Tchau , tchau, que foi legal” , certamente aparecerá novas e boas experiências!!!

Dessa forma,fica a dica pra você, que quer curtir, se jogar, aproveitar, viver coisas novas, sentir o prazer sem sentir culpa, pense que nessa vida buscamos por ele, e que você pode viver momentos intensos de tesão, desde um olhar te comendo, até vc sendo comida por inteiro...literalmente! Não camufle suas vontades, não tenha desejos enrustidos, é mais do que normal olhar alguém e se imaginar na mais gostosa transa, você não precisa amá-lo pra isso!! Tente, teste,é tão bom quando não nos privamos de nada e falamos, “foda-se, eu quero sentir isso” e vamos até o final!!

Pegue, mas não se apegue!! Se tiver o dom de pensar como eles,verá que hoje em dia a forma como vivemos é exatamente essa, quando não queremos nada sério, queremos aventuras, e viver aventuras prazerosas com quem também quer prazer é perfeito!

Essa é a verdade:Ele só quer te comer, e você só quer que ele te devore! Não se sinta objeto, não significa que você não seja legal e interessante, significa que sentir prazer com você é mais legal ainda, então, pega mesmo!!P.A..é tudo de bom!!


Cultue o prazer....eu sou Hedonista, e você???


Beijinhos....

Ps: Amiguinhas, saiam da toca, tem um mundo de homens lá fora esperando por vocês, se permitam serem desejadas!!

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

CASOS E ACASOS...

Quantas vezes mais fecharemos a portinha dos nossos corações, numa desesperada fuga contra qualquer um que queira simplesmente entrar e fazer uma festinha???


Sei que vão dizer : "Ahh... Mas e quando aparecer alguém para quem não queira fechar?". Responderei: então prove-me! Claro, chegará a hora e a pessoa certa. Naturalmente tudo acontece. Não quer dizer que ela seja a certa pra sempre, mas naquele momento lhe caiu como uma luva!! Esse assunto veio à tona porque, conversando com a Milene, começamos a resgatar as memórias da vida dela pós-separação e resolvemos fazer um balanço... sem necessariamente precisarmos de uma conclusão. E olha... a tal frase " in memorian" serviu pra muita gente!


Lá estava a Mi, sentada num bar, sozinha (ou melhor, acompanhada de um copo de cerveja e fotos... de homens. Mas não de qualquer homem. Dos dela) Ninguém sabia mas, desde o seu primeiro P.A., ela guardava fotos da maioria! Na hora me soou meio portfólio! Eu me divertia vendo e lembrando de alguns quando notei algumas fotos com os moços meio de costas e, pra rir mais um pouco, ela manda: "E que esse era feio!". Hahaha!!! Tinha até foto de uns que ela não ficou, mas é isso, objetivos estão aí para serem alcançados! Momentos de risadas infinitas! Pensei, pensei e... tratando-se de uma mulher que é apaixonada pelos homens, questionei se existiu sentimento por todos aqueles. Não fiquei surpresa quando ela disse que talvez não tenha existido por nenhum. O que rolou foi apenas o tal do " lance" que falamos muito aqui. Ela confessa por um e outro ter balançado, mas como uma mocinha que age sempre pela razão e não pela emoção, ela se desprendera muito rapidamente de qualquer sentimento. Deixando apenas o bom relacionamento - amizade entre ambos e o sexo perfeito - falar mais alto. Obs: na verdade, inverti a ordem!! Rs!


Me impressiona às vezes a frieza como ela trata do assunto, numa total noção de alguém que não se apega, de alguém que tem a certeza de que não quer compromisso, alguém que não abre a porta pra ninguém entrar... realmente vive num casulo. Bom... falamos um pouco sobre todos eles. Quanta gente engraçada, quanto homem tosco! Não tinha como não citar alguns aqui... Como é que pode ser tão zuado?!


Teve um muito engraçado! Nós o chamamos de "carente profissional". Se conheceram na balada. Papo vai, papo vem, ele arriscou. Ela, bêbada, esquivou e foi perguntar pra Soraia se ficava ou não. A FDP dizia: "Fica, fica! Ele é bonito, legal...". Que pesadelo!!! Ficou. Ele, empenhado, quis levá-la embora. Ele tocava aqueles baixos gigantes, ou seja, ela não cabia na frente no carro. Foi no banco de trás se perguntando o que fazia ali (aff). Na despedida, ele dava beijos apaixonados e implorava que ela fosse embora com ele. Não! Ela não foi!


O carente ligou no dia seguinte, ela comentou onde estava, ele foi até lá. Depois que toda a bebida subiu à cabeça, ela resolveu ir conhecer o apartamento. No caminho, ela já ligava pro amigo: "help me!", mas... não conseguiu escapar! Então ela resolveu beber mais pra encarar!! Ele fazia amor, ela sexo. Ele dizia coisas tipo: "Quero você pra mim!", "Como você não apareceu antes?" e, fechando com chave de ouro, viu o orkut dela, pediu que ela abrisse uma foto, botou no plano de fundo do PC e brincou que faria um orkut só para ficar vendo as fotosdela. Três horas depois ele tinha feito! Ahhhhhhh!!!!


Duas semanas se passaram. Ela não o viu mais, ele continuava a ligar e a mandar mensagens como se estivessem ficando. Dizia estar recomeçando a vida e que ele tinha "a paz" para oferecer! Ela nunca mais o viu! Carentásso! Mas até que ele era gente boa! Boa sorte carentão!!


Teve um outro que se chamava... Não vou dizer o nome... Mas o apelido dele virou Pepeu. Adivinha? Num dia, bêbada, ela admitira que o gostosão que pegava de vez em quando e sempre bêbada, era tamanho PP! E foi triste porque, na primeira vez, ela achou ser engano... Meio chapada, foi tentar a segunda e... que horror! Ela conta, chateada, que aquilo não devia existir, que ele poderia perfeitamente tentar suicídio!! Então, de PP virou PePeu!! Teve até uma festa de oba-oba, que uma amiga ali dando sopa foi seduzida por Pepeu. E a Milene, em defesa das mulheres, avisou: "Amiga, vaza! Esse tem o pinto pequeno!". Não durou nem mais cinco minutos!! Ele era gostosinho de beijar, mas a Mi já pagou pecados o suficiente!!


Esse merece um texto só pra ele!! Hahaha! Viu só? Beleza não é tudo. Às vezes vem acompanhada de Kinder Ovo - gostoso e com surpresinha!!


Nesse momento nostálgico da Mi, que rendeu muita, mas muita risada, ela ficou séria ao ver uma foto. O único que tirou o sorriso do seu rosto em segundos. Sim, seriamente o único que conseguiu arrancar de verdade algum sentimento dela e, até hoje, ela alimenta uma certa fúria dessa história. Mas reconhece suas falhas. Com esse aí, ele foi o apelidado "caso". Foi mais ou menos assim: ela se apaixonou e acho que não percebeu. Então ela continuava a ser a mesma pessoa. Numa tarde de algumas ligações, um cara que ela havia conhecido (o "número 2" ) queria encontrá-la pra bater um papo e tal. Ela ia para um bar, até chamou o caso pra ir, mas ele não foi. Então, o número dois se fez presente... conversa vai, conversa vem... resolveuir farrear na casa de um amigo. E, no maior cavalheirismo, o número dois a levou pra casa. Na despedida... ela desce do carro e nota outro carro. Sim! O carro do caso, parado mais pra baixo na porta de sua casa, às 3hs da manhã!! Ele não viu nada, mas encontrou o que procurava. Quem procura, acha!! Pense em alguém que não sabia o que fazer na hora!!! Após uns dias, ela se tocou de que havia um sentimento estranho. Resolveu tentar acalmar e conversar, mas não era mais como antes do ocorrido. Bom... ele jurava que não a seguia, mas estava sempre passando nos lugares onde sabia que ela poderia estar. Segundo todos os amigos, isso é perseguição!!! Ouvindo, achei meio burrice. Porque, segundo a Mi, ele tinha uma moto dessas bem legais e de barulho inconfundível. Ela só falou: "A dois quarteirões eu já sabia que era ele!!!". O que ela já esperava: ele terminou semanas depois. Ela foi cobrada por viver em bares, ter amigos homens, muita amizade, não ficar muito com ele.... Mas foi ele quem avisou ser uma pessoa ausente em relacionamentos. Como ele era ausente, ela só tratou de ser presente em outros lugares! Enfim... o motivo geral do fim envolvia problemas pessoais sérios dela. Mas ela não acreditou. Nunca. Tudo muito estranho, complexo e jamais um homem vai conseguir mentir tão bem pra Mi. Já o que ela fez com o sentimento?? Guardou, lá no fundo da mente, longe dos pensamentos e com toda a postura e graças à Deus uma vida sexual bem ativa! Seguiu com seus P.As, o que ela agradece imensamente, pois eles reforçam todos os dias que para ser feliz não é preciso amar, namorar, casar!! Pode só se... transar! Lance é lance!


A Mi é a favor dos acasos (depois desse, mais ainda). Ela acredita que ter alguém pela metade, ou seja, só o lado bom, é melhor. Evita machucados, não tem envolvimento sentimental... É curtir, aproveitar e não se apegar! Será que a vida tranqüila é a vida que se tem alguém pela metade?? É assim... melhor conviver com a metade de alguém e não querer saber como é o resto! Bom... Foi unânime quando discutido que acasos são melhores que casos!!


Uma análise:

* Casos tendem a virar muitas coisas. E muitas coisas tendem a nos emburrecer. E ninguém quer ser burra!! Já os acasos são ótimos! Por acaso ficamos, por acaso transamos, por acaso até te acho legal, por acaso o sexo é bom, por acaso pode mentir que eu quero que se foda!! Por acaso eles pensam que enganam e, por mero acaso, nós fingimos acreditar!! Porque não precisamos saber e nem dividir nada. Acaso... Por acaso não queremos nos envolver!!

* Acasos têm várias conotações. E caso tem uma só!! Resumindo... pela metade vira acaso, por inteiro vira caso... e caso fica íntimo demaissss!!!


A essa altura, nós já questionávamos o que ela faria se hoje se apaixonasse por alguém. E ela diz saber seu potencial para os sentimentos, para o amor, para o relacionamento, mas não faz questão alguma de fazer essa promoção. É assim que ela gosta de viver e isso não é imagem... é apenas uma pessoa curtindo exteriormente e se preservando interiormente! Ela sabe agir com os homens, mantê-los ali e ao mesmo tempo ser a pessoa por quem eles nunca se apaixonariam! E é de certa forma até amiga de alguns desses... passados, presentes e futuros!


Falando em futuro, ela teve a pachorra de add nas suas redes sociais um cidadão que chamou sua atenção, a quem ela chama de "gato escaldado". Corpo lisinho, mas ela tem um carinho por ele! São até amiguinhos! Segundo as más línguas, ela rodeia como um urubu. Mas pudera... uma graça!! Se não rolasse, tudo bem, a intimidade já era tanta que a amizade e as risadas, segundo ela, já eram o suficiente! Ela não tem esse lance de se achar em nada, é bem resolvida, nem acha que esteja tão bonita como há um ano. Tem mil encanações, não acha que pode ficar com quem quiser, já levou muitos e muitos foras, mas os que ela acaba ficando vale a pena ouvir, porque sempre tem uma história engraçada por trás... os que merecem ressalvas, claro! E levar foras pra ela é comum, faz parte e ela não se abala! Exceto de um indivíduo... que está deixando minha amiga intrigada... opa!!


Notei que suas histórias engraçadas acontecem justamente por ela não conseguir se apegar a ninguém. Logo, ela se tornou vítima das comédias cotidianas!! O que a faz rir e seguir com suas aventuras ótimas, boas, medianas e péssimas!!! Um moço grudou na orelha dela certa vez, numa balada de velho, deviam ser os únicos novos. Por esse motivo, ela alega ter sentido a necessidade de beijar alguém para se sentir jovem... Hahaha! Ficou com o moço cuja estatura era de 1,65. Ela, de salto, deve medir 1,75. Imaginem a beleza do casal!! O "nanica" enchia seu saco com brincadeirinhas de "Casa comigo?" e ela já logo farpou: "Você quer me comer né?". Dois bêbados idiotas!! Enfim, ela foi tomar algumas uma outra hora na casa dele (essa que ele fazia questão de mostrar) e acabou dormindo por lá... por conta do horário, bebida e etc. Com toda a frieza e falta de tesão do mundo, ela não transou com ele, o que fez com que ele enchesse seu saco por mensagem durante umas semanas. Depois sumiu!!


Nada demais até agora. Pois é... Nada passaria tão sem graça na vida dela!! Conversando com uma amiga, a Lu, que esteve afastada por uns anos, numa bela noite de Natal, elas iam pra balada e a amiga começou a contar que morou com um cara que a fez sofre como um cão. Ela se comoveu com a história, comparou com a sua, aquele blá blá blá... E a Lu contava que o cara era pirado, de surtos, de passar em médico, um horror! Eis que as duas no carro, a Lu resolve passar na frente da maldita casa onde tinha vivido o apocalipse... Então a Mi começou a gelar. E foi quando a Lu aponta a casa!!!! Fodeu! Ela só perguntou: "O nome dele era tal??". A Lu respondeu: "SIM!!!". É... a Mi pegou o ex-marido da amiga, o nanica!!! Devia ter uns quatro meses... KCT!! E a amiga falava: "não acredito que você ficou com meu ex!!".


Claro que riram, não brigaram, ela contou a história... afinal ,a Mi não o conhecia, nunca tinha o visto!! Mas foi um choque, porque ela já sabia por meio das amigas em comum com a Lu que o Nanica era um FDP, desgraçado, que tinha feito a pobre sofrer igual cachorro. Foi ai que, pensando muito na história toda, ela agradeceu por ter se livrado de mais um idiota! E agradeceu por não ser uma carente que ama qualquer um!! Meu Deus... imagine a cena!!


Essa coisa de homem e balada é complexa!!! Acontece cada coisa...e mulher tonta sempre gosta dessas tranqueiras que aparecem do nada. Mulher sem auto-controle é um KCT pra gostar de gente errada!!


Bom, logo depois disso, ela tinha toda a certeza de que sua vida era farrear... porque se apegar ia ser difícil. Lá foi a Milene pra balada sozinha. Uhuuul!! Eencontra um amigo aqui, outro ali... leva broncas por tentar fumar escondida no banheiro bem na noite que entrava em vigor a lei do cigarro, vodkas, vodkas e vodkas connecting people... Milene foi fumar lá fora e conheceu uma moça de Vitória que ficaria uns dias aqui.... ai ai ai... a moça queria conhecer um local diferente e, da cabeça louca da Mi, surgiu a brilhante idéia: "VOU TE LEVAR NO LOVE STORY"!!!


Na porta da balada que estavam, conheceram uns belezinhas (mocinhos), deram uns beijos e foram. Os moços não entraram, lá foram as duas e a putaria lá dentro com o povo (não elas) comendo solta. Ela já meio grog, decidiu ir embora... e a memória parou aí!! Ela acordou lembrando ter visto alguém muito gato de bandana, beijado... mas não sabia nem o nome. A amiga de Vitória confirmou o fato. Mas nome que era bom, nada!!


Dia seguinte:

* Mensagem um: "Oi! É o fulano de ontem..."

* Mensagem dois: "Mi, é o fulano de ontem, blá blá... meus contatos são estes."


Na real, ela tinha mesmo era se intrigado com o bandana... então foi lá adicionar as pessoas nas redes sociais! E, quando viu o tal bandana, ela disse ter surtado: "Como eu não me aproveitei mais disso?!". Era lindo, cabeludo, gostoso! Ela ficou em choque! Já ligou na hora!! Bom... depois de um mês conversando, se encontraram. Teria sido quase perfeito se... os pais do bandana não tivessem aparecido do nada e pego os dois tranquilões... ela de camiseta e calcinha e ele de cueca!! Pra fechar: a ex-namorada apareceu de surpresa!! Teve história isso! Esse lembro bem... ficaram um mês e meio. Ele era gente boa, de família. Só meio bagunceiro... mas lindo e o sexo perfeito!!! Separaram. O bandana era bipolar. Não gostava do jeito livre e espontâneo dela (acho que ela era mais bagunceira que ele!!). Se pegavam pra transar sempre que possível. Numa dessas, orgulho de lá e cá... resolveram tentar mais uma vez. Passaram reveillon juntos, fizeram juras de amor... até que a tia de João Pessoa na Paraíba o convidou pra uma temporada por lá. Ela não ia, mas incentivou a viagem. Duas semanas. Na despedida rolou até um chororô. Amor pra cá, pra lá... e se foi o bandana. Passaram-se os dias e... fotos de mulher aqui e ali... ela já sacou uma fulana, a quem ela carinhosamente se referia como "cabeça de carregar bandeja" e deu maior briga. O bandana voltou, foi tudo estranho, brigaram, dias sem se falar, ela ficou bem irritada e resolveu pegar alguém por aí. No dia seguinte, o e-mail da Mi: "Acabou. Estou fazendo aqui o que você não teve a hombridade de fazer". E mais um texto. Nessa altura, ele já estava sabendo do cara (que ela tinha saído pra pegar) e respondeu a julgando. Como homem é cansativo... aff! Ela encerrou com a frase: "chifre trocado não dói! Fim!"! Então, depois disso (meses), eles transaram algumas vezes e até hoje, quando se esbarram, se pegam e sai faísca! O bandana cortou o cabelo... continua gato e amigo!!


Quanta gargalhada quando comentávamos os detalhes mais sórdidos de tudo e as cenas mais engraçadas que ela já passou com alguns! Trocamos experiências e figurinhas. Não parávamos de rir!! Ah... teve uma boa... o "agendamento" mais engraçado que alguém poderia tentar!! Hahahaha!! A louca ficou com um sujeito que ela teve que ter todo um jogo de cintura, porque percebeu que a pessoa tinha uma excessiva tendência a se apaixonar. Ficaram algumas vezes, pessoa bacana, levavam altos papos, mas ela não se empolgou com absolutamente nada, além de amizade!!! Ele já estava bem animadinho!! Não cobrava, mas queria atenção, porque as mil amizades dela tomam muito seu tempo. Aí ele começou a agilizar uns programas de casal e tal, até que surge a frase: "Vamos fazer isso... e isso... depois queria te curtir mais, quero ter uma noite CALIENTE com você!". Meuuuuu Deus! Ela brochou!!! Isso não se diz, não assim em espanhol!! Ela disse nunca ter dado nem um puta amasso, nunca rolou tesão, nada mais quente, sei lá! Algumas pessoas não despertam isso. E, por isso, a pessoa tem que perceber! Não se combina "orgasmo"... nem caliente nem frio! Sem querer menosprezar, mas... foi hilário!!


Pois é... entre casos, acasos e pegadas, aquele coraçãozinho que não sabe e nem imagina o que é sofrer, nem muito menos gostar, se deparou com uma situaçãozinha estranha. Imagine alguém que não tem a menor vontade de gostar de ninguém, se pegar pensativa e com uma grande vontade de ver, de rir, de falar, beijar, tocar... um certo cidadão!!! Agora imagine alguém que nunca teve muita piedade, sempre ligando um foda-se para qualquer um, provar do seu amargo veneno!! Pois é... é assim o status atual dela. De repente, a paixão!!


Por quem? Como? Porquê? Fiquei super curiosa! Depois de tanto ouvir falar de pessoas desinteressantes, ela ficou com um olhar meio estranho, meio brilhando, meio inquieto e totalmente carinhoso, começou a me contar que havia conhecido uma pessoa cuja a sensação ao falar era de frio na barriga, mas peito apertado. Sim... ela sente quando algo está fora do seu alcance, mas lida bem. Uma pessoa que já sofreu tanto, por tantas coisas, sabe se fechar para que nada mais possa machucá-la. O que aconteceu foi que nessas de ser altamente comunicativa, socialibilíssima, conhecer gente, conversar e fazer amigos, ela simplesmente se encantou com um cara. Que, por foto pude notar sua simpatia e seu jeito bem livre de ser, assim como ela. Os motivos ficaram bem nítidos quando eu a ouvi falar sobre o cara. Com um sorriso ela contou que ele era engraçado, louco, gentil, educado, inteligente e ela disse ter se divertido muito quando estiveram juntos. Obviamente que isso não o livra de talvez ser mais um homem idiota, desses que acham às vezes serem muito espertões, mas enfim... Tento pensar que ele não tenha esse lado. Não é que o cara deu aquela balançada nela e quando a tonta se deu conta, estava lá ela pensando a merda que fez?! Sabe... quando a pessoa não quer se apegar, ela consegue fazer de tudo para que a outra não sinta o menor dos sentimentos, a não ser carinho e amizade. Ela fez exatamente isso: torrou seu próprio filme a fim de garantir que ele seria apenas mais um pegueti. Começa que o porresinho de boas vindas foi indispensável (dela no caso), muito assunto, ela falando mais que o Faustão, até que... rolou!! Puta amasso!!! Iniciativa mais uma vez dela! No dia seguinte acordou pro trabalho sozinha em casa. A primeira coisa que pensou? No cara!! Isso nunca acontece. Como ela diz: "Só lembro deles lá pelas 14hs!!". Então ela ligou. E, passando-se as horas, notou que já havia falado nele algumas vezes. Uma das amigas, a Ca, ainda soltou: "Mi, você vai se apaixonar". E foi dando aquela vontade natural de querer ver... xiiiiiiiiiiiiiii!!


Depois disso, ela já consciente de que poderia se apegar, porque o danadinho era bem interessante, já começou o jogo com ela mesma: nada de grude, falava sem parar, bebia, fumava pra KCT, tudo por simples inquietação! Ficava ali só nas piadas. Passaram a noite juntos. Ela continuou a torrar o filme. Ela é foda... quando sabe que pode se apegar a alguém, não se solta, trava. Não quer muita cerimônia, trava no sexo, parece que quer que seja ruim e não quer assumir que pode ser bom, pensa que será só mais uma f....! Enfim, o que aconteceu é que ela não se soltou. Não queria que aquilo fosse bom e não teve muita presença nesse momento, tentou esconder o melhor que podia fazer, tentou "se" esconder!! Já o cara desempenhou bem seu papel. Ela não nega que ele a deixou com um p... tesão!! Mas aí ela tenta achar um monte de defeitos na pessoa quando sabe que vai dar fuzuê... coraçãozinho rebelde!


Passado isso, ela ficou chateada, pois parece mesmo que ela sente as coisas. Ela já previa uma certa tristeza por vir, sabia que não rolaria mais. Entre porres e o celular que vira metralhadora na mão da bêbada, ela se tocou que: "PQP, me apaixonei!". Não é recíproco, ela não tem muito contato, pensa muito, mas não se arrepende porque ela sabe da sua natureza. A Mi está p... da vida, não queria estar sentindo nada, por mais que se controle bem, já deu seus foras e tenta negar tudo pra ela mesma, por isso não deixa de dar seus pegas por aí. Isso por nada e ninguém. E está certíssima!!! Na verdade, agora, o que realmente importa é quantos orgasmos vai ter e se serão bons. Ficar pensando num cara e nem se quer estar pegando, transando... foda-se ele! Não quer, tem quem queira! Ainda bem que ela tem suas distrações e zero fossa!!!! O sentimento passa. Do jeito que gostou, vai desgostar!


Percebi que se ela dá mais valor ao sexo, à pegada, à curtição no geral, não é porque ela não é capaz de enxergar alguém por dentro. E porque ela não quer. É porque sabe que, se reparar demais, pode gostar do outro conteúdo! Aí... fodeu! Melhor assim!! Sabemos que os homens que nós apenas cultivamos certo carinho e consideração são os primeiros a pensar que estamos apaixonadas!! Acorda! Só estou sendo legal, não estou afim de compromisso! Já os cegos que você decide abrir um pouco mais do que as pernas, não conseguem notar um olhar diferente! É a vida!


O foda é que mulheres que estão afim da pegação não conseguem às vezes destinguir o que pode vir a se tornar algo mais especial, o que eu acho ótimo, saber pra se fuder?!?!? É melhor curtir seus PAs e ser feliz! Eu poderia citar aqui dezenas de histórias engraçadas... dos que estão por vir, os que se foram, o que permanece em pensamento, mas é melhor escrever um livro nesse caso! Hehehe!


Só contei tudo isso aqui para podermos comparar os estilos de vida, os pensamentos, as vontades, a forma que cada uma se preserva. Umas tontas gostam de se apoiar em homem, algumas mulheres se seguram sozinhas, outras se fecham em sentimento e extravasam em prazer. Não é igual pra todo mundo, mas acho válida a saída de emergência que usamos quando notamos que um incêndio começou ou pode começar dentro de nós. Essa é uma outra forma de se defender. Ainda mais se tratando de mulheres mais auto-confiantes, é não precisar se entregar a um sentimento sem que ela saiba se é esse o momento certo. O que muita mulher tosca precisa saber é que tudo nessa vida depende da reciprocidade. Sem ela não há ciclo. Quando defendo estar dentro de um casulo, quando defendo o fato da Milene tentar ter o auto-controle de seus sentimentos, é porque pra tudo existe hora, momento, lugar e pessoa. No momento, a hora certa dela pode ser somente aproveitar, sexo, pessoas legais, PAs etc. Como vimos, ela soube simplesmente sacar que estava sentindo algo diferente, mas talvez não estivesse preparada pra isso. Ainda mais sabendo que, com certeza, não teria retorno positivo e, ainda que recebesse... será que ela saberia lidar com isso?? Até agora, tudo que envolveu algum sentimento foi meramente ilustrativo na sua vida!


Imagine que pessoas conhecem pessoas a todo momento. É um escravo de Jó: "Tira, põe, deixa ficar... guerreiros com guerreiros fazem zigue e zigue zá"". Isso já resume o que fazemos, como as coisas funcionam. Imagine se tudo batesse a todo tempo... seríamos tão sem graça!! Talvez o que dê emoção à vida seja a resistência, a auto-cofiança, controle, rasteiras, os sentimentos intrusos, a batalha interna, as cenas e pessoas mais engraçadas. Aos sapos e à guerra contra o príncipe! O prazer versus o tempo que passa! Às pessoas que passam, à bagunça que deixam e à bagunça que adoramos fazer por aí... que inclui sexo e rock and roll! Infinitas coisas... não dá pra citar tudo!


Ninguém pode entrar na nossa vida se nós mesmas não dermos permissão. Ela, neste caso, se deixou levar pela vontade. Quis mais, mas soube exatamente se travar pra que nada passasse daquilo. Como vai ficar, não sei. Ela diz: "Simples, não vai ficar... a vida segue".


Não é o que ela queria. Eu sei que, no fundo, ela só queria estar junto. Ao menos... mais uma vez. E então, ela se fecha mais e se controla, pra que tudo passe rápido!


Controlem-se, divirtam-se mais, não pulem as etapas! Às vezes precisamos ser cruéis com nós mesmas, mas por uma paz que virá depois. Acasos estão aí para serem aproveitados. Com histórias engraçadas, outras menos, outras simplesmente estranhas e inexplicáveis. Mas o importante é que por acaso você só precisa de você! A farra é outra, fora e não dentro do coração de cada uma. Tenhamos cuidado para onde estamos direcionando nossa energia, porque às vezes pode ficar difícil de se enfrentar a realidade, principalmente se ela não for positiva! Pegou, se apegou, não rolou... se fudeu! Todo cuidado é pouco!


Naturalmente acontece, mas a gente pode escolher! E se você quiser e não for recíproco, não faz mal. Há apenas aquilo que chamamos "amor-próprio". Eu sou a favor de que todas aproveitem suas vidas. O que passar vai passar, o que ficar, também vai passar! Não é que eu seja descrente do ciclo que a sociedade impõe, mas hoje... o pra sempre é distante!


Mais uma vez, aproveite o momento... cada momento, não importa o quanto durar. Se for por sentimento e sério, que não seja monótomo! Se for de prazer, eu sugiro que gozem esta vida!! Mas, farra por farra, que seja por aí com histórias, risadas, pegadas e orgasmos!! Aqui dentro...do coração... não!!


Yes! Girls just wanna have fun!!!

Beijinhos..

quarta-feira, 7 de julho de 2010

De mulher pra mulher....


Não acredite 100% em um homem,  muitos mentem por não ter a coragem de falar o que precisa ser dito e a maioria mente só pra te ver acreditar!!
Não acredite 100% em um homem, porque se você é capaz de sentir uma mentira, é porque ela realmente existe!
Não permita que distorçam suas palavras, defenda sua honra, porque ao longo dessa vida o que carregamos de mais precioso são nossos princípios..por falar em princípio..comece “algo” novo todos os dias!! rs
Se você em algum momento achar que algo não vale a pena, é porque realmente não vale..então sugiro que façam o que vier a cabeça..!!
Ouça bem sua mente, quem ouve coração é médico!!!
Não acredite que só porque um homem é gente boa...ele será com você..!!! Lembre-se, de gente boa o inferno está cheio..!!! 
Se um homem embaça para te beijar, primeira coisa,  beije ele vc...!! Segunda... beije ele de novo.. esperar por homem enche o saco e, tempo é dinheiro..um chop na balada custa caro pra esquentar e pra tomar um monte..tome sozinha olhando outros homens!!
Se um homem acha que pode te enganar ele vai tentar...e o que fazer?? Engane ele primeiro..!! Isso chama-se Intuição!!
Quando você desconfiar de determinada pessoa..durma com um olho aberto e outro fechado..aliás nem durma...e se for dormir..durma com outro! (depois de um bom tempo acordada)
Nunca deixe que algum homem imponha o que ele espera de você..!!  Imponha você o quanto não está afim de imposições!! Agora, se ele quiser falar carinhosamente..?!?!?! Ainda assim não siga.. faça o contrário..!! rsrs De qualquer forma o que não é para dar certo não dará!!
Se um homem usar de sua espiritualidade em forma de arma para te ameaçar...use a sua sexualidade para o testar!!! (transe com outro pra ver se algum deus conta pra ele..!!)
Quando um homem não gostar do seu jeito..odeie o dele..! Com certeza se você é uma mulher bem resolvida..ele quer te enfraquecer!!
Dê demontrações de afeto, seja legal, e se você sentir que por isso está sendo idiota....Com certeza você está mesmo!!! O que fazer..continue sendo legal.....pela frente!! Rs
Se você acha que um homem prefere mulher gostosa a inteligente, também está certa..então tente ser uma gostosa inteligente e provará o quanto são burros!!
Se um homem te sacaneou e você descobriu...perdoe !!...porque se você foi esperta pressentiu e fez antes!! A diferença..é que ele não descobriu!!! Isso chama-se inteligência!
Quando você pensou no porquê de ter sido magoada, tenho certeza de que nenhuma resposta lhe  veio a mente..!!  Já que nunca existiu resposta....nunca existiram motivos..!! Então saia..crie-os !!! 
Consideração é qualidade sim...todos os homens tem...só não demonstram!
Se um homem está na sua porta as 3 da manhã sem combinar com você.... o problema é todo dele, quem procura..acha! (Nunca deletem o cúmplice...você nunca sabe quando vai precisar dele!!)  
Pare de procurar por príncipes..eles não existem..quando achar que encontrou o seu..atente-se..alguém vai levar!! Tá vendo, logo..ele não era!
E por fim..quando você duvidar que tal homem não é o certo, você estará certa!!  Mas..ok...continue!! pois já diziam....”enquanto não encontramos o certo..nos divertimos com os errados” !!

Beijinhos.
 Ps.: A todas as minhas amigas....experience! rsrsrsrs


segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

CERVEJA, RISADAS E....O PRÓXIMO POR FAVOR!!!

No mínimo engraçado quando percebemos o quanto os homens são inseguros e imaturos em relação a nós. Poses, disfarces e máscaras caem em determinados momentos  e revelam um homem  inferiorizado pelo grito de liberdade e a auto-suficiência sentimental e carnal feminina!

Percebo o quanto alguns por aí se amedrontam com a presença de mulheres bem decididas quanto aos homens e relacionamentos, que estes se recolhem em seu mundinho a fim de criar o ambiente onde eles são perfeitos, fodas, e o quanto são machos!! É a inversão de papéis inconscientes!

Acho intrigante o poder que algumas mulheres tem em amedrontar os homens, ( vcs entenderam o medo a que me refiro), normalmente porque são destemidas, são de verdade, intensas mas cautelosas, não gostam de passo em falso..e o lado sentimental pode ser facilmente substituído por algumas cervejas, risadas e o próximo por favor!!

É um real amadurecimento quando conseguimos não nos apegar em rostinhos, corpinhos e bom papo, ou podemos até nos apegar, mas sabemos viver bem com isso, não deixando que esteja em primeiro lugar, podemos até gostar, mas sabemos desgostar com mais facilidade ainda e mesmo gostando sabemos usufruir o que temos no momento, sabe porque? Porque se é só pra usufruir, com certeza não usufruiremos só dali!!!!  Eu acredito que um  sentimento nunca deve estar acima da razão!

Acho que tenho entrado muito no universo masculino, observo, anoto e o que estou escrevendo aqui é fruto da minha discreta percepção, aprendi a notar quando alguns homens precisam de auto-afirmação, o quanto eles mostram suas inseguranças quando percebem que ao seu lado está uma grande mulher, ou, ela não está ao seu lado mas eles não conseguem nem imaginar essa possibilidade, porque esta mulher, de repente contraria todos as suas  certezas, que seria uma afronta isso....rsrsr..tipo, como ela pode ser assim!

Mas, pior ainda são aqueles que não fogem, assumem que querem estar junto e perto, mas titubeiam diante da mulher-maravilha, não sabem como agir, dão pitis, e tem crises inexplicáveis de ira, ciúmes e auto-afirmação...... é..estes não admitem uma mulher que “brilhe muito”! Será o machismo misturado a uma pasta de falta de autoconfiança e carência que eles precisam  engolir? Não admitem.. então usam da gentil grosseria  as doces palavras brutas, ou as lindas atitudes ridículas!!

Dizem que somos nós as inseguras, talvez..um número de tontas engrosse esse dado, mas onde foi que a gente leu que os homens nasceram com chip..”segurança total”.???

Alguns camuflam tanto, que a frase muda..” você não me passa segurança”!!!! É de fuder mesmo!!!! E não falo apenas em relação a traição, são por diversos fatores..a maioria.. citados acima.. enquanto que nós, sabemos a verdade..eles brincam de ataque-defesa com eles mesmos! Não é fantástico!!!

Existem aqueles que não querem nada, querem apenas um lazer, e dentre esses eu classifico alguns como instáveis..pelo fato de não conseguirem se relacionar com ninguém, então eles curtem, alguns querem...mas fogem, não quer..mas pega, insinuam...mas dizem não gostar, ou até dizem que gostam... mas são contraditórios, então, com estes nada flui, e são identificados pela forma prática de transferir para a mulher os seus defeitos e medos..tipo, são hábeis na arte de criticar, enumerar detalhes que desfavoreçam a parceira, mas quando na verdade o problema pode ser somente com ele...Até mesmo alguns P.As pegam essa gripe, que saco isso né..  

A muitos anos a sociedade impôs que somos nós quem temos que sofrer e sermos as moças doces e indefesas, aquelas otárias que os homens adoravam ter em casa, super-femininas e dedicadas, que viviam pra lavar cuecas, (nos dias de hoje, seria o tipo de  moça que ficaria em casa assistindo novela enquanto ele vai pro buteco arrotar)enquanto eles saiam  pra  passar a vara em todas putas da cidade, isso se estendeu..mas chegamos em 2010!!!  EEEEEEEE... viva a vulgarização do amor.... Já não mais curtimos fossas, e a submissão virou coisa do passado, mais um fator pelo qual eles se sentem tão amendrontados, ou melhor, afrontados, é saber que aquela lindinha não é taõ boazinha o quanto ele pensa, e que para uma mulher que não admite ser submissa, não aceita mulecagem, ser desencanada em relação a sentimento é não significar ser idiota e ainda se ela for bem decidida, amigooo..você pode virar defunto do dia pra noite..ou.. em duas horas!! Lembrem-se..cervejas, risadas e o próximo por favor!!

A nossa linhagem está com a tecnologia avançada, colocando babacas, muleques, machistas e até homens (viu que diferencio tudo de homem né) em segunda linha..se fossem carros, chamaríamos eles de “populares”!! Perceberam como as coisas mudam, um carro velho arria a qualquer momento, de repente ele resolve não funcionar mais e aí, o que  nós fazemos?? Trocamos!! 

Essa é a diferença, antes eles trocavam, agora parecem dar de tudo por um fusca velho, original de fábrica, por que é a certeza do que se tem em casa..só eles manipulam, consertam..afinal um carro novo pra eles é sinônimo de preocupação.. avançado demais..o cuidado teria que ser duplicado!!  

Pois é..como é fácil comprar homens inseguros..poderia dar uma lista aqui.. essa insegurança chamada “ machismo” faz com que cada vez mais..mulheres se tornem , super-mulheres..e a realidade é que cada vez mais afastamos os homens de nós.. mas quem liga.. aposto que ninguém quer antiguidade!

Obviamente que afastamos muitos, com nossos defeitinhos.. mas de qualquer forma não s corrige um problema até ele ser identificado, mas é preciso ser muito homem pra falar sobre defeito sinceramente sem se aproveitar e fugir da situação, ou potencializar isso afim de camuflar alguma merda que se fez!

Pois é..essa falta de sinceridade, essa camuflagem masculina é que assusta, esse jeito de querer tem sempre mil mulheres, ou uma na suas mãos é que nos faz refletir o quanto queremos algo assim, essa maneira de se esconder, de não se mostrar, não serem honestos é que nos fazem  ser cada vez mais feministas..essa merda de insegurança não admitida , essa imaturidade em relação a nós, nos faz questionar ..”hey, você é o que é, mas será que você é o que mostra ser???”

Porque sei que não espantamos a toa, existem dúvidas que não nos pertencem, as vezes somos demais..as vezes somos de menos?? Me poupem mulecada!!..Assustamos,espantamos, os desencanamos porque temos princípios??

Todo mundo sabe bem o que quer, mesmo quando enfatizamos o que não queremos, até porque quem não sabe o que quer..é burro!

O medo, a falta de auto-confinça, insegurança, maturidade é as vezes ter que assumir que de alguma forma incomodamos porque somos superiores em alguns aspectos, homens não querem mulheres apareçam mais do que eles ( por eles..seríamos sempre a mocinha quietinha..) tipo, mulher boa, é mulher muda.. mas isso se reverteu, e o grnde desespero da sociedade masculina é ter que admitir que as mulheres estão se superando.. estão os superando!!

E sabe mais o que eles deveriam saber.. até sabem tipo.. “é foda, mas por dentro temos que admitir” hahaha....falarei nesse tom: “ VOCÊS NÃO ESCOLHEM...SÃO ESCOLHIDOS”!!!

Beijinhos..

Ps: deixaria recados para várias amigas aqui...mas sei que muitas vão entender por este, ele é em especial a uma amiga que amo tanto...ai vai....

Amiga.. não se perturbe mais querendo entender.. lembre-se do seu valor e da sua superioridade mental, não dispute com criança, pois sabemos que sempre temos que deixar ganhar.. portanto sua vida é adulta e não existe lugar para jogos, siga..quem te merece te reconhece, te assume, não se esconde..te acompanha e te admira...insegurança é para os fracos..! Vc é mais ..sempre..e alguém a altura é do que vc precisa..! Pensa!  No games, no pain! Só depende de vc.. mulher decidida, segura, cheia de amor próprio..chama o próximo!